segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Dezembro/2013 - Atualização Mensal de Patrimônio

Fala galera,

Na ultima postagem o meu camarada Uorrem Bife sugeriu que eu colocasse mais algumas informações na minha atualização mensal, eu até achei legal mas como não tenho outros investimentos além da poupança por ter pouco capital e precisar frequentemente mexer nele não faz sentido detalhar mais por enquanto, em um futuro talvez quem sabe..

Meu otimismo para o mês de dezembro de fechar o planejamento feito para 2013 com os R$ 1.800,00 foi por água abaixo, os gastos com comemorações de fim de ano (pessoais e do trabalho) e um gasto extra não previsto para casa me deram uma rasteira e fizeram com que eu patinasse esse mês.

Vamos aos números:

Meu patrimônio no mês anterior era de R$ 901,17.

Nesse mês recebi a segunda parcela do 13º e era o meu trunfo para dar a volta por cima, pena que não foi bem assim L.

Proventos do mês: R$ 3.334,41 (Incluindo rendimentos de conta).

Gasto Mensal: R$ 3.324,59.


Gasto Mensal de Dezembro

Estratégia

Reavaliei minha meta para este inicio de ano já que o planejamento de 2013 não deu certo, mas mantive o valor a ser economizado por mês em R$ 450,00. O que me fez perceber que estou longe do meu objetivo e realmente preciso melhorar meu salario com uma promoção ou passar em algum concurso publico.


Previsão Financeira para 2013


Gostaria primeiro de me desculpar com as pessoas que deixaram comentários nas postagens anteriores pela demora na resposta, mas podem ter certeza que sempre responderei a todos!

E em segundo lugar agradecer aos acessos que estou recebendo aqui no blog espero vocês estejam gostando das minhas postagens e desejar um excelente 2014 para todos nós! Que ele seja repleto de saúde, paz e bons investimentos!

Abraço,

IM.

14 comentários:

  1. Explicite para mim seu patrimônio e sua carteira, para adicionar os dados no ranking, ok?

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Victor,

      Meu patrimônio é composto unica e exclusivamente por uma poupança, como citei no texto acima, no decorrer do mês posso acabar precisando do dinheiro então nessa fase de acumulo de capital não posso imobilizar nada com investimentos.
      Pode incluir no ranking eu sempre acompanho.

      Abraço,
      IM.

      Excluir
  2. Também fechei em abaixo do esperado, rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk.. tenho tão pouco dinheiro que é fácil correr atras e recuperar o prejuizo..rs

      Excluir
  3. Fala IM!
    Estranhei os seus gastos mensais.
    Com cerca de 3k, não seria dificil economizar 1k por mês.
    Mas imagino que você viaje bastante também. Aí não sei onde entram esses gastos. Os albergues entram em moradia ou lazer?
    Além de procurar aumentar o salario, procure otimizar os gastos também!
    Abraço!
    MF.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não notou que ele é bon-vivant?
      O cara não quer saber de poupar muito,ele tenta levar investimentos com curtição e sabemos que isto não vai dar certo!

      Excluir
    2. Sr (a) Anônimo, se viajar eventualmente procurando gastar pouco e beber um vinho de vez em quando seja considerado ser "bon vivant", acredito que esteja na hora de rever seus conceitos. Acompanho o IM e posso dizer que o estilo dele é muito semelhante ao meu, buscando o equilíbrio entre a tal "curtição" e os investimentos, e eu não vejo o porquê do "Isto não vai dar certo". Afinal, posso morrer amanhã e qual sentido teria todo o trabalho, todos os investimentos se eu (me desculpe o termo, por burrice!) não souber equilibar minhas finanças e não poder usufruir disto.

      Excluir
    3. MF,

      Os albergues entram na fatia do lazer, nesse mês eu banquei a minha parte e a da patroa pq a grana dela tava apertada e no futuro vocês irão entender o porque, mas antecipo que é um "investimento" bem legal..rs

      Agora respondendo ao primeiro anonimo e agradecendo ao segundo,

      Vamos começar pela analise o grafico onde mostra que os gastos com lazer corresponderam a 13% dos custos do mês ou R$ 426,98 se preferir, em um mês como dezembro onde foram diversas comemorações e uma viagem esta em um otimo numero.

      Com relação a todos os outros gastos, eu moro sozinho e tenho que pagar todo o tipo de conta incide sobre uma casa, dificilmente você verá qualquer pessoa nessas condições com gastos abaixo dos meus, morando com o papai é facil tirar onda de investidor poupador.

      Obrigado pela visita anonimo 2, é bom ver que tem gente que também conseguiu encontrar o equilibrio entre lazer e investimentos e não vive se privando, abrindo mão de viver a vida, afinal de contas ela é mt curta.

      Abraço,
      IM.

      Excluir
    4. IM,
      cheguei até a imaginar que morasse com os país e que colocasse os albergues em moradia. rsrsrsrs
      R$ 426,98 com lazer é muito pouco!
      Eu sem viajar já gasto mais do que isso. Cara preciso aprender com você. Mal conheço o Brasil.
      Você tem que criar um manual frugal de viagens nacionais!
      Eu topo o desafio de fazer algumas!

      Com toda certeza, não vale ser a pena frugal de mais e depois se ferrar. Mais do que termos uma vida curta, temos uma vida imprevisível. Conheço pessoas jovens e saudáveis que morreram de cancer. Ou país de família que foram antes dos 40, de ataque cardiáco. A probabilidade de merda acontecer são pequenas, mas são maiores do que ganhar na mega-sena!

      Mas por um lado entendo o anon1. Minha opinião. Investimentos tem que ser uma prioridade. Ele deve se tornar um "custo" mensal, tipo 10% (ideal é 30% do salário líquido). Se não investirmos, jamais sairemos do clico, da matrix que nos aprisiona e nos limita. Dinheiro não é a solução, mas é um meio. Outro meio é ir viver em comunidades alternativas, se tornar hippie, mendigo, etc.

      E realmente, morar sozinho ainda jovem, é uma fonte de crescimento incrível. Aprendemos muito. Mas minam nossas economias. Infelizmente também não tenho solução. O que penso é que você poderia dividir a casa com mais alguem. Ou ir morar em pensão ou republica. Sei que é um saco. Mas algum sacrifício no início de nossa jornada, tem que existir. A não ser que você realmente já tenha algo maior em mente pro futuro (grande emprego, herança, etc), pois aí não compensaria juntar migalhas...

      abraços.
      MF

      Excluir
    5. *30% mínimo. Se você ganha bem e consegue viver bem de forma frugal, esse percentual tende aos 100%. O Mr. Money Mustache, se não me engano, chegava a investir 90%. Alcançou a I.F. perto dos 30 e hoje desfruta a vida com a família de uma forma fantástica!

      Excluir
  4. Viajante, poderia me fornecer uma informação para um estudo que estou fazendo na blogosfera? quanto pretende aportar por mês (na média) este ano?
    Desde já agradeço.
    http://blogdouo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá IM,
    Atualize por favor a sua blogroll, fiz algumas alterações no nome do blog:
    http://www.oblogdoestagiario.blogspot.com
    :)
    Uta!

    ResponderExcluir
  6. R.I.P.
    Mais um blogueiro expulso da Bolsa.
    Descanse em paz.

    ResponderExcluir
  7. cara pq parou de postar? acheio muito interessante seu blog. tb sou mochileiro e to começando agora nessa vida de investidor.

    na verdade estou começando a sair das dividas agora kk..

    da uma olhad ano meu blog pf

    ResponderExcluir