segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Outubro/2013 - Foz do Iguaçu (Paraguai)

Fala pessoal,

Nessa parte do passeio me enquadrei mais como investidor muambeiro..rs

Fiz duas visitas ao Paraguai na minha estadia em Foz do Iguaçu. O passeio custava R$ 40,00 por pessoa, no final das contas o segundo acabou saindo de graça por um rolo que a própria empresa de turismo cometeu, ótimo para mim.

Vamos ao passeio:
Acordamos bem cedinho e atravessamos a fronteira; a Ponte da Amizade é extremamente movimentada, uma loucura, no caminho perguntei ao guia se havia algo de bom para fazer alem de compras no Paraguai ele disse que não!
A primeira visão que tivemos do Paraguai é assustadora, um lugar sujo, tumultuado com diversos camelôs que ocupam totalmente as calçadas, as ruas são completamente tomadas por táxis e moto taxis, fomos deixados pelo nosso guia em um shopping chamado "Del Este" que em uma volta rápida por ele, percebi que os preços eram melhores que no Brasil e mercadorias de qualidade como em um shopping qualquer do Brasil, mas eram itens de marcas caras (Nike, Hugo Boss) e mesmo assim continuavam fora dos meus padrões.
Fiquei decepcionado porque ainda não estava sentindo a "magia" que deixa as pessoas enlouquecidas no Paraguai, o guia nos alertou que fora do shopping o preço ficava mais em conta mais a qualidade poderia ser duvidosa ou você poderia acabar comprando um produto e levando outro de qualidade  inferior alterando apenas a carcaça. Lição aprendida saímos para encarar as ruas, ao botar o pé do lado de fora do shopping apareceram dezenas de vendedores de meias muito insistentes (a ponto de ter que se controlar para não socar um deles), o melhor a fazer é dizer não uma vez e ignorá-los na seqüência de tentativas.
Andando pelas calçadas você é abordado diversas vezes por paraguaios com aparência sinistras dizendo: "Hey amigo!? O que estas procurando? Eu arrumo pra você!"
Jamais aceite qualquer ajuda na rua senão essas figuras ficarão agarradas em você ate o final do passeio ou poderão te colocar em uma furada e estragar o seu passeio, portanto é melhor evitar. Na porta das lojas ha sempre um segurança fortemente armado com colete a prova de balas e uma 12 atravessada no peito!
Para vocês terem idéia de como é o nível da situação, carros roubados no Brasil podem ser legalizados normalmente no Paraguai e até mesmo o presidente do país a algum tempo atrás dava o exemplo dirigindo um carro brasileiro roubado.
Feita essa visão geral do país vamos as compras..rs

Shopping Del Este

Bom eu estava atrás de um tablet para me ajudar a ter acesso a internet de forma fácil nas minhas viagens e passeios e ate mesmo conforto do dia a dia, lendo algumas dicas na internet, vi algumas pessoas falando bem sobre a loja "Mega Eletrônicos" resolvi ir  conferir. A loja é bem grande, tem muita variedade e as atendentes todas de saia curtinha e coxas grossas deixando a patroa com ciúmes (tive que passar por lá nos dois dias para conferir os aparelhos eletrônicos.. rs) meus outros itens descritos abaixo não foram comprados em nenhuma loja famosa, eu fui apenas explorando o local e achando as coisas que interessavam.

Lista final de compras - (Dólar a R$ 2,40)

- Tablet $ 75,00
- Jogo de poker profissional $ 9,00 (ainda vou aprender esse negocio..rs)
- Mochilão $ 16,00
- 2 Calças de trilhas R$ 25,00 cada
- Relógio R$ 20,00
Total: R$ 310,00

Obs: Esses foram os meus itens, a patroa levou tablet, maquiagens e umas coisinhas de mochilão, mas ficamos tranquilos com relação a cota pois ficamos bem abaixo dela.

Mega Eletrônicos

Ruas do Paraguai

Almoço:
Depois de algum tempo rodando pelas ruas a fome apertou e voltamos para o shopping Del Este, onde subindo dois lances de escadas e chegamos a uma mini praça de alimentação, no primeiro dia comemos um prato de bife de chorizzo e coca cola no restaurante Del Fuego, lugar bem legal, limpo, com comida saborosa e preço justo R$ 42,00 a conta final para os dois. No nosso segundo dia fizemos apenas um lanche em uma lanchonete ao lado do restaurante chamada Ali-Baba, la tem lanches tradicionais árabes chegando a lembrar um pouco o Habib's só que bem mais gostosos! La nos comemos:


2 Esfirras 2,00 (cada)
2 Kibes 3,00 (cada)
2 Sucos 3,00 (cada)
Total: R$ 16,00

Restaurante Del Fuego

Dicas:
1- A cota de compras no Paraguai é de $ 300,00 para pessoas com vôos nacionais e $ 500,00 para vôos internacionais (Pode ser parado na fronteira ou no aeroporto).
2 - Caso vocês passem da cota procurem descaracterizar os itens comprados, ex: relógio ponha no pulso, não leve celular e já volte com o novo como se fosse o seu pessoal. (Itens descaracterizados ponham em notas fiscais diferentes dos itens de presente embalados na caixa, a maior implicância da policia federal é com os aparelhos eletrônicos)
3 - Evitem exceder o limites de compras de cada item.(consulte a tabela da receita federal)
4 - Não comprem sintonizadores de sinais de TV tipo Az Box. (Eles estavam sendo barrados na alfândega).
5 - Recusem pelo menos duas vezes os preços antes de comprar qualquer coisa no Paraguai eles caem bastante nessa pechincha.
6 - Caso você seja registrado na fronteira só poderá visitar o pais novamente apos um mês.
E assim terminam os meus dias de muambeiro..rs


Segue abaixo algumas fotos desse primeiro dia de passeio:
                               
Aduana Brasil/Paraguai
Visão panorâmica do shopping Del Este

Ruas do Paraguai

Ponte da Amizade

Ruas do Paraguai

Até amanhã!

IM.

3 comentários:

  1. Nossa, quando fui lá anos atrás realmente era mais interessante, hoje temos verdadeiros 'paraguais' nas capitais, os chamados shoppings populares, o acesso melhorou muito. Nem sei se vale mais à pena comprar fora por questões de garantia e outras coisas. Na época que fui tudo custava uma fortuna aqui no Brasil, e só comprava em lojas, agora com internet ficou bem mais fácil garimpar as coisas, outro dia mesmo comprei um jogo de XBox pro meu sobrinho PES2012 por 39 reais nas americanas e ainda veio com uma mochila, questão mesmo de procurar as ofertas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade amigo,
      mas vale a aventura de conhecer o tao famoso país das muambas pra quem nunca foi.
      Abraços!
      IM

      Excluir